Tio Ben Bernanke diz: QE3 não acaba, agora!

O discurso de Ben Bernanke ontem no senado resumiu alguns temores do mercado de maneira relativamente direta. Não haverá fim do Quantitative Easing 3 (QE3) enquanto a economia, principalmente o emprego não der sinais concretos a isso.

Segundo chairman, este mandato do Fed tem um dos melhores, senão o melhor histórico em termos de inflação. Os indicadores econômicos são a principal prova de que a atual política monetária é a mais correta, principalmente ao observarmos o mercado imobiliário.

Ben também disse que as regulações de mercado, sequester, o orçamento são atribuições do congresso e ele tem pouca influência no processo, além de informar os danos de seus atrasos.

Mas um dos pontos mais importantes foi a sinalização de que Bernanke não acredita numa sobrevalorização dos equities nos EUA, ou mesmo de qualquer sinal de bolha do setor.

Sabemos o quão difícil é a precificação e qualificação destas bolhas, porém isso mostra que os programas de estímulo à liquidez devem continuar relativamente intactos nos EUA por enquanto.

Isso não quer dizer que as recentes altas nas bolsas de valores americanas não devam ser corrigidas. Devemos concordar com Tio Ben que pelo prazo, volume e recuperação das bolsas, ainda não podemos caracterizar os recentes rallies como bolhas.

O excesso de liquidez e falta de ativos mais rentáveis deram às bolsas internacionais o status de “bola da vez” e o temor com o fim do QE3 abriu a possibilidade de uma correção destes ativos.

Porém, isso não ocorreu e o discurso de ontem e provavelmente o de hoje devem rechaçar as possibilidades de uma realização de lucros tão em breve. A esperança reside na possível crise de governabilidade italiana que pode trazer aquela incômoda sensação de 2010/2011 tudo de novo.

A crise deve disputar espaço com os dados econômicos americanos, os quais teimam em superar as expectativas, mesmo quando negativos como os pedidos de bens duráveis, os quais apresentaram queda de 5,2% (proj.: -4%), porém ao se excluir transportes, a alta foi de 1,9% (proj.: 0,3%).

Por fim, mantenham atenção ao discurso do Tio Ben, pois ele mesmo diz “com grande poder, vem grande responsabilidade!”

Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

Jason Vieira é o Editor-Chefe e Diretor Geral da MoneYou e executivo sênior da X-Infinity Invest. Com mais de 20 anos de mercado, já ocupou cargos de estrategista, CIO, economista-chefe e analista internacional em instituições como Apregoa.com, UpTrend Advisors, GRC Visão, KGP, CM Capital Markets, Sanwa Bank, CLSA, JP Morgan, Santander, entre outras. Economista formado pela Universidade Mackenzie, possui diversas extensões de mercado financeiro e economia, com forte foco internacional.
advert

Comentários trancados.

Semanal de Economia e Mercados – Weekly Call – 08/05/2017

Semanal de Economia e Mercados – Weekly Call – 27/03/2017

CALENDÁRIO ECONÔMICO SEMANAL

Agenda Econômica Semanal Infinity – 08 – 12 / Maio

Abertura de Mercados – Morning Call – 05/05/2017

Abertura de Mercados – Morning Call – 24/03/2016

VERSÃO PDF

Abertura de Mercados – Morning Call – 04/05/2017

Abertura de Mercados – Morning Call – 24/03/2016

VERSÃO PDF

Abertura de Mercados – Morning Call – 03/05/2017

Abertura de Mercados – Morning Call – 24/03/2016

VERSÃO PDF

Ranking Mundial de Juros Reais – Abril 2017

Ranking de Juros

Este é o ranking mundial de juros reais, uma compilação com os 40 países mais relevantes do mercado de renda […]